Portal do Corpo de Bombeiros
Tamanho do texto
pequeno
medio
grande
Mapa do Site Fale Conosco

principal

Institucional

Serviços

Legislação

Ingressos

Órgãos e Entidades


Defesa Civil

Defesa Civil

A Defesa Civil foi instituída no Estado do Acre através do Decreto Estadual nº 94, de 1º.4.1970, em observância ao Aviso nº 034, de 12 de fevereiro de 1970. Do Exmº. Sr. Ministro do Interior. 
O Decreto nº 009, de 10.1.1977, modificou a redação anterior, atribuindo ao Secretário do Interior e Justiça a Presidência da Defesa Civil. À Secretaria Administrativa competiria a Presidência da Fundação do Bem-estar Social - FUNBESA - e ao Chefe do Gabinete Militar do Governador caberia a Secretaria Executiva. A estes somariam-se, ainda, na qualidade de membros: Assessoria de Comunicação Social, Secretaria de Segurança Pública, Secretaria do Fomento Econômico, Secretaria de Saúde, Secretaria de Obras e Serviços Públicos e um Representante da Universidade Federal do Acre. 
O Sistema Estadual de Defesa Civil volta a ser organizado através do Decreto nº 150, de 17.5.84, complementado pela Lei Estadual nº 822, de 24.6.85, que se referia a reestruturação do Gabinete Militar do Governador. Esta Lei, em seu Art. 2º, dispõe que "Compete ao Gabinete Militar coordenar o Sistema Estadual de Defesa Civil" (Art. 9º). 
Atualmente, através da Lei nº 984, de 4 de julho de 1991, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil passa a integrar a estrutura básica do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre, sendo o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros o Coordenador Estadual de Defesa Civil.

Objetivos Gerais

1 - Minimizar os danos e prejuízos causados por inundações e por desastres secundários; 
2 - Socorrer e assistir as populações afetadas pelos eventos adversos; 
3 - Restabelecer a situação de normalidade, no mais curto prazo possível; 
4 - Reduzir as vulnerabilidades dos cenários dos desastres aos eventos adversos;
5 - Intensificar e articular adequadamente as atividades de Monitorização, Alerta e Alarme; 
6 - Reduzir a incidência e a intensidade de desastres secundários de origem natural, como: escorregamentos e deslizamentos do solo; processos erosivos, intensificadores do assoreamento de rios e barragens e da perda de solo agricultável. 
7 - Intensificar as atividades de avaliação de riscos e de mapeamento das áreas de riscos; 
8 - Cadastrar os estratos populacionais vulneráveis que habitam em áreas de riscos intensificados.

Organograma do CEDEC

http://bombeirosteste.ac.gov.br/imagens/defesa_civil.png

 


Atividades Desenvolvidas pela CEDEC

Recuperação e manutenção nos postos de réguas linimétricas situado nos municípios. 

Município

Cota de alerta(m)

Assis Brasil - Rio Acre

11,38

Brasiléia - Rio Acre

9,80

 

Xapuri - Rio Acre e Rio Xapuri

11,50

Riozinho do Rola - Riozinho do Rola

Rio Branco - Rio Acre

13,50

Sena Madureira - Rio Iaco

14,00

Cruzeiro do Sul - Rio Juruá

11,80

Tarauacá - Rio Murú e Tarauacá

8,00

 


Manutenção dos Postos Pluviométricos

Todos municípios 
Atualização dos cadastros e recursos humanos e materiais já existentes; 
Elaboração de planos de mobilização nas COMDEC; 
Manutenção e aferição das balisas telemétricas. 

Cruzeiro do Sul / Brasiléia 
Observadores - todos são pagos pela COHIDRO - companhia de hidrologia - presta serviço para CPRN (companhia de pesquisa e recursos naturais).

 



COMDEC'S criados

Nos 22 municípios do Acre, 14 deles já possuem COMDEC. São eles:

Assis Brasil 
Brasiléia 
Xapurí 
Plácido De Castro 
Senador Guiomard 
Rio Branco 
Sena Madureira

Manoel Urbano 
Feijó 
Tarauacá 
Cruzeiro Do Sul 
Mâncio Lima 
Porto Acre 
Bujarí

 


COMDEC'S que faltam criar

Dos 22 municípios do Acre oito precisam de criação de COMDEC. São eles:

Acrelândia 
Capixaba 
Epitaciolândia 
Santa Rosa

Marechal Thaumaturgo 
Rodrigues Alves 
Porto Walter 
Jordão

 


 

Tabela Demonstrativa

Nível do rio 
(Proabilidade de ser atingido)

Bairros atingidos

Famílias 
atingidas (total)

Famílias desabrigadas

Famílias nos abrigos

13,50m (84%)

Airton Sena

17

4

 

14.00m (71%)

Airton Sena 
6 de Agosto 
(Sta. Terezinha)

22

8

 

14.50m (57%)

Airton Sena 
6 de Agosto (S. T.) 
Bx. Habitasa 
Taquari

100*




5

7 no Barracão do 15

15,00m (43%)

Airton Sena 
6 de Agosto 
Bx. Habitasa 
Taquari 
Cadeia Velha 
Adal. Aragão 
Triângulo Novo

500*

14 
26 
26 
26 


20

80 no Parque de Exposição

15,50m (33%)

Airton Sena 
6 de Agosto 
Bx. Habitasa 
Taquari 
Cadeia Velha 
Adal. Aragão 
Triângulo Novo 
Raimundo Melo 
Conquista 
Cidade Nova

2.600*


16 
78 
59 
115 
16 
17 
21 


5

139 no Parque de Exposição

16.00m (24%)

Airton Sena 
6 de Agosto 
Bx. Habitasa 
Taquari 
Cadeia Velha 
Adal. Aragão 
Triângulo Novo 
Raimundo Melo 
Conquista 
Cidade Nova 
Comara 
Areal 
Invernada 
Base 
Aeroporto Velho

3.600*

 


26 
149 
77 
242 
32 
18 
53 


22 




1

306 no Parque de Exposição

 

16,25m (20%)

20 bairros

4.000

1.050

346 no Parque

16,60m (16%)

60 bairros

15.000

2.900

560

17.00m (12%)

60 bairros

18.000

3.600

980

17,34m (9%)

60 bairros

20.000

4.100

1.100

17,60%m (7%)

60 bairros

22.000

5.800

1.332


* estimado a partir do número de famílias desabrigadas (multiplicando por 4 ou 5) 
** dado ajustado (1997).

 




2019 GOVERNO DO ESTADO DO ACRE
Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre :: Estrada da Usina, 669 | 69910-730 | Rio Branco | AC
(68) 3212-7800 | bombeiros@ac.gov.br | Localização Localização
Estado do Acre